Cinco dicas estranhas para ótimas reuniões
Comunicação

Cinco dicas estranhas para ótimas reuniões

Alexander Kjerulf escreveu recentemente um artigo intitulado “Cinco dicasoooooooooas para ótimas reuniões”. As dicas não são convencionais, mas eu não iria tão longe a ponto de chamá-las de estranhas. As dicas se concentram em tentar fazer com que as reuniões não sejam brutalmente chatas. A seguir estão a versão condensada das cinco pontas. Vá até o Chief Happiness Officer para obter o sabor completo:

1: Abra a reunião com uma rodada positiva. Experimentos psicológicos mostraram que a maneira como uma reunião começa define o tom de toda a reunião. Comece a reunião com reclamações, problemas e culpa mútua, e é isso que você receberá.

2: Interrompa a reunião regularmente Sei que você deseja aproveitar ao máximo o tempo da reunião - e isso o torna tentador pense que “MAN, temos uma longa agenda hoje - vamos pular as pausas e fazer mais.” A única coisa é que não funciona assim.

3: Perder a mesa Qual é o propósito das mesas em uma reunião, exceto para lhe dar um lugar para colocar sua xícara de café e manter sua cabeça de bater no chão ao adormecer?

4: Coloque o corpo lá dentroSeu corpo não é bom para ficar sentado por longos períodos de tempo. Quanto mais tempo você fica parado, mais rígido e cansado o corpo fica. E quando o corpo está cansado e rígido, a mente também está.

5: Use o silêncio estrategicamente posicionado Esta é provavelmente a única coisa que você encontra em nenhuma reunião. Quer dizer - o propósito das reuniões é conversar, certo. O silêncio meio que anula esse propósito, não é?

Não. O objetivo das reuniões não é conversar - o objetivo das reuniões é chegar a ideias, soluções, planos e decisões.

Cinco dicasoooooooooas reuniões - [Diretor de Felicidade]